Ariel Pires de Almeida

Chai Haza

In Uncategorized on 22/08/2009 at 12:20

ELVIS CHAI NECKLACE VERMEIL

Shim’u echai, ani od chai
Ushtei einai od nisa’ot la’or
Rabim chochai, ach gam p’rachai
U’l’fanai shanim rabot misfor
Ani sho’el umitpalel
Tov shelo avda od hatikvah

Over mizmor, midor l’dor
K’ma’ayan mei’az v’ad olam
Ani sho’el umitpalel
Tov shelo avda od hatikva!

(Chorus:)
Chai, chai, chai – Ken, ani od chai!
Ze hashir shesaba
Shar etmol l’aba –
V’hayom ani.
Ani od chai, chai, chai
Am Yisrael chai
Ze hashir shesaba
Shar etmol l’aba
V’hayom ani.

Homim yamai v’leilotai
U’v’shamai amud ha’esh od kam
Ashir b’li dai [chai chai]
Efros yadai [chai chai]
L’y’didai asher mei’eiver yam
Ani sho’e1 umitpalel
Tov shelo avda od hatikva

Chorus – Chai , chai , chai …..

Shim’u echai, ani od chai
Ushtei einai od nisa’ot la’or
Az ko lechai, l’chawl orchai
Ul’vanai hamevakshim lachzor
Ani sho’el umitpalel
Tov shelo avda od hatikva

Chorus – Chai, chai, chai …..

Chai, chai, chai (2x)
Chai – Ani od chai, chai, chai!

Pouco sentido quanto nos faça, tal canção de bastante sucesso dentre os judeus de círculos sionistas, coloca questões de interesse para qualquer um que busque pensar a nação. Lembremos apenas que músicas como esta seriam tais quais nossos sambas de meados do século. Representam a força na busca de expressão desse suposto ser nacional que sabemos não existe.

Olhemos para as palavras-chave: Chai – vida, Am Ysrael – povo de Israel, saba – avô, mitpalel – reza, hatikva – esperança

Todas falam de um mesmo assunto e, apesar de parecer diferenciado, todos falam de um lado deveras particular de visão de história. Particular ou peculiar ou elitista ou mesmo tradicionalista. O povo de Israel representa obviamente a nação que se identifica através da negação do outro – no caso hoje, os árabes; mas já foi diferente. O avô e a reza remetem à tradição, base necessária à construção de qualquer nação moderna, a reatualização do direito consuetudinário. – Israel, por acaso, não possui constituição, assim como Inglaterra e tantos outros provenientes do anglo saxonismo.

Finalmente, Hatikva não por nada é o nome do hino nacional israelense. Onde se canta: hatikva bat shlot apaaim (a esperança é filha de dois mil anos).

Acho que dispensa comentários, se levarmos em conta toda aquela vasta conceitualização da nacionalidade que a coloca não por acaso como uma ‘invenção’ extremamente recente (séc. XVIII, Revolução Francesa).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: